Cuidados com a saúde auditiva nunca são demais. Por isso separamos 7 dicas dadas pelas fonoaudiólogas da Digsom e parceiras, para alertar e prevenir da melhor forma possível a saúde auditiva. Confira!

Dica 1: Ficar longe da caixa de som em shows e festas.

Ao sair de um evento, se você estiver com sensação de pressão nos ouvidos, zumbido, dificuldade para ouvir, tontura, irritabilidade, ouvido tampado e estalos no ouvido, não continue com música alta na volta para casa e deixe de lado os fones de ouvido.
Consulte um profissional, o otorrinolaringologista é quem pode proteger a sua saúde auditiva de maiores complicações.

Dica 2: Faça um exame de audiometria anualmente.

Inicialmente as perdas auditivas não são percebidas, visto que seu desenvolvimento é lento e silencioso. Dessa forma, as pessoas demoram para procurar ajuda. Mas saiba que quando detectada logo no início, a perdas auditiva, em muitos casos, pode ser tratada, melhorando significativamente a qualidade de vida e o quadro de saúde geral. Por isso, é essencial que todas as pessoas façam uma consulta anualmente com o fonoaudiólogo e otorrinolaringologista, para acompanhar como está sua audição.

Dica 3: Não usar soluções e nem remédios caseiros na orelha.

Se você sente coceiras no ouvido ou grande acúmulo de cera com sensação de ouvido tapado, consulte um médico otorrinolaringologista para que ele possa indicar a melhor solução. Nunca use cotonete, ou outros objetos no ouvido, muito menos uso de soluções caseiras na orelha.

Dica 4: Deficiência auditiva não tratada aumenta risco de demência e depressão.

Pessoas idosas portadoras de deficiência auditiva não tratada têm uma estimativa de 50%  a mais de risco de demência, 40%  de risco elevado de depressão e quase 30% de grande risco de queda, comparado à pessoas sem deficiência auditiva, revelou o estudo americano “Incident Hearing Loss and Comorbidity A Longitudinal Administrative Claims Study”, publicado em JAMA Otolaryngology-Head and Neck Surgery (2018).

Dica 5: Dê preferência para fones de ouvido do tipo concha.

Os fones de ouvido em formato de concha são aqueles que cobrem a orelha e são mais confortáveis, uma vez que não invadem o canal auditivo. Com um excelente isolamento acústico, distribui melhor o som, diminui a proximidade com o ouvido e também o volume do som que chega ao seu interior. Mas não esqueça de deixar seu ouvido descansar, cuide com a exposição prolongada a sons intensos.

Dica 6: A cera é uma proteção natural do ouvido.

Você sabia que a cera do ouvido é extremamente benéfica para a nossa audição? É uma proteção natural do ouvido, que age contra infecções, bactérias e fungos. Consulte um médico otorrino se tiver muita produção de cera ou sensação de ouvido tapado.

Dica 7: Proteja-se do excesso de ruído.

Atualmente a Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) está entre as causas mais comuns da deficiência auditiva. Por isso, é preciso ter muito cuidado ao se expor aos ruídos, que estão por toda a parte: no trânsito, no ambiente de trabalho e no próprio lazer.
Para se proteger, preste atenção a cuidados como:
  1. utilizar protetores auriculares em locais de trabalho com muito barulho, como fábrica e construção civil;
  2. evitar permanecer em ambientes fechados e barulhentos por muito tempo;
  3. ficar longe da caixa de som em shows e festas;
  4. evitar música alta por longos períodos seguidos. O ideal é manter o volume das caixas de som abaixo de 80 decibéis e não escutar música por mais de 8 horas seguidas.

 

A Digsom Aparelhos Auditivos é especializada no tratamento da audição e soluções voltadas ao bem estar e ao conforto das pessoas com perda auditiva. Por isso, é essencial que todas as pessoas façam uma consulta anualmente com o fonoaudiólogo e otorrinolaringologista, para acompanhar como está sua audição.