Você se incomoda com sons que outras pessoas mal perceberiam?

A maioria das pessoas é capaz de suportar barulhos de até 120 decibéis(unidade que mede a intensidade sonora), no entanto, o limite de intensidade sonora para pessoas que sofrem de Hipersensibilidade Auditiva é de até 90 decibéis. O barulho da televisão, do celular e do latido do cachorro são tão comuns e incorporados em nossa rotina que muitas vezes nem os percebemos, porém para pessoas que sofrem de intolerância auditiva esses ruídos representam um grande incômodo.

Tipos de Hipersensibilidade Auditiva

Hipersensibilidade auditiva é o incômodo ao ouvir os sons do ambiente, como o toque do celular, o latido dos cães, o tilintar de talheres e pode ser dividida em três tipos:

A Hiperacusia é a sensibilidade anormal aos sons de baixa e média intensidade. A pessoa que passa por esse problema tem uma redução na tolerância aos ruídos diários e, geralmente, foge de situações que possam causar irritação ou desencadear crises de ansiedade. Não precisam ser barulhos absurdos: Sons comuns que não são altos como risadas, latidos de cachorros podem causar bastante irritação e dor em pessoas que sofrem com hipersensibilidade auditiva.

A Misofonia é a hipersensibilidade a ruídos que se repetem, como o tique-taque do relógio, os sons do teclado, o barulho da chuva ou da torneira pingando e até da mastigação.

Por fim, a Fonofobia é o medo de ouvir sons. Esse problema provoca crises de choro e sudorese, por exemplo. Pessoas com hiperacusia podem se tornar fonofóbicas.
Pessoas com algum grau de perda auditiva sensorial podem apresentar recrutamento, onde a incapacidade de ouvir sons baixos (por exemplo de 50 dB), particularmente nas altas frequências, é acompanhada por uma intolerância paradoxal a sons mais altos (por exemplo de 80dB), frequentemente com distorção do mesmo.

Principais Sintomas

Dor de ouvido, dor de cabeça, tontura e náuseas, ansiedade, irritabilidade e estresse. Além disso, sintomas como zumbido e dor de cabeça podem ser agravados devido à hipersensibilidade auditiva, que demanda um tratamento.

Tratamento

Se você se identificou com alguns dos sintomas deste post ou conhece alguém que sofre de hipersensibilidade auditiva, procure um médico otorrinolaringologista, além de examinar o ouvido e suas estruturas, esse profissional é capaz de indicar exames específicos para verificar qual é a causa da alteração auditiva.

 

Sobre o  Autor:

 

Dr. Clovis Silva Costa
Fonoaudiólogo
Crfª 3-9970-7