Quando a gente fala de adaptação de tecnologia auditiva para uma criança, a gente tem o uso do aparelho do implante coclear.
Mas uma outra tecnologia primordial, fundamental para o desenvolvimento é a tecnologia assistiva que hoje tem o nome de microfone remoto ou sistema de FM.
Na Phonak, o nome dessa tecnologia é Roger. E o que é o Roger? Nada mais é do que um microfone sem fio para o aparelho auditivo.
Só que esse microfone, ele capta a voz e ele trata a informação, deixando ela sempre mais alta do que o ruído do ambiente.
Por que mais alta?
Por que mais forte?
É um destaque pequeno para favorecer o que a gente chama de discriminação de fala. Então isso faz com que o efeito da distância na captação do som pelo microfone do aparelho ou do ruído do ambiente, onde a comunicação acontece, não interfiram no acesso da fala principal que a criança precisa ouvir.
E onde isso eu tem um papel fundamental? Principalmente no ambiente da sala de aula.
Então a tecnologia assistiva, o sistema de FM, ele existe para favorecer uma igualdade de acesso à fala do professor por uma criança que tem perda auditiva.
O que é igualdade de acesso? As crianças que têm audição normal estão ouvindo o professor que fala de frente ou se movimenta, a criança que faz uso do aparelho auditivo ou que tem um implante coclear, ela depende de um microfone para ouvir. E todo microfone tem uma sensibilidade diminuída conforme a gente aumenta a distância. Então, a cada vez que a gente dobra a distância do microfone, a gente perde potência do som. E para resolução de fala por quem depende de um microfone para ouvir, isso tem um papel muito ruim para favorecer discriminação.
Então a tecnologia assistiva vem para compensar esse efeito e entregar a fala melhorada, aprimorada, sem ter o efeito do ruído ou da distância.
O sistema Roger acaba sendo um sistema diferente de outros microfones no mercado, porque ele faz um controle da fala em comparação ao som do ambiente. Então, se o ruído do ambiente aumenta, ele aumenta o ganho do microfone, se o ruído diminui esse ganho também é ajustado. Então, a gente tem uma inteligência na comunicação entre as duas partes que fazem sistema operar, para sempre entregar o sinal de fala de maneira clara e confortável para criança.

Talita Donini
Gerente de Produto da Phonak Brasil

 

Conheça o sistema Roger em nosso site ou agende uma consulta e saiba todos os benefícios dos Aparelhos Auditivos da Phonak com conectividade direta e muito mais.

Ouça melhor, viva melhor!

Digsom Aparelhos Auditivos