O dia 21 de março é o Dia Internacional de Síndrome de Down, que tem como objetivo principal conscientizar a população sobre a inclusão e promover discussões sobre alternativas que visem o aumento da visibilidade social das pessoas com essa síndrome. Mas qual a relação entre a síndrome de Down e a perda auditiva? Confira.

Sobre a síndrome de Down

A síndrome de Down (SD) é uma alteração genética caracterizada pela diferenciação no número de cromossomos, especificamente no cromossomo 21, que apresenta uma cópia extra – trissomia cromossômica – e é visto como o fator causal da síndrome.

As características físicas típicas encontradas na SD são notáveis, dentre elas o nariz mais alargado, cabeça pequena e mais arredondada (braquicefalia), olhos puxados, orelhas pequenas, tônus muscular reduzido (hipotonia) e língua para frente (protrusa) e maior que o normal. Além das características físicas típicas, as pessoas com Síndrome de Down podem apresentar comprometimento cognitivo em diferentes níveis, alterações cardíacas congênitas e perda auditiva.

A perda auditiva nas pessoas com síndrome de Down

A perda auditiva apresentada pela SD pode ser condutiva, neurossensorial ou mista, sendo que, cerca de 80% dos indivíduos apresentam perdas auditivas condutivas, devido à otite advinda de infecções do trato respiratório.

A ocorrência de otites na infância é um sinal de alerta, pois a privação auditiva ocasionada pela infecção gera a interferência na estimulação sonora afetando a condução do som ao sistema auditivo e interferindo no desenvolvimento da linguagem.

Agende um teste gratuito

Na clínica Digsom você conta com todo apoio para o tratamento de sua perda auditiva, você pode agendar uma consulta e realizar um teste gratuito com nosso aparelhos que contam com a tecnologia Phonak, os mais avançados recursos e conectividade com seus dispositivos Bluetooth.

Digsom Ouça melhor, Viva melhor!

 

Sobre a autora:

 

Divandra A. Busatto

Fonoaudióloga

CRFª: 3-11652

 

 

Digsom Aparelhos Auditivos

 

REFERÊNCIAS

BULL, M.J.H. supervision for children with Down syndrome. Pediatrics. 2011;128(2):393-406. PMid:21788214.
ROSA, M. R. D.; et al. Emissões otoacústicas e potenciais evocados auditivos na Síndrome de Down. In: DELGADO, I. C.; et al (Orgs.). Contribuições da fonoaudiologia na Síndrome de Down. Ribeirão Preto: BookToy, 1ª edição, 2016.